Por que a Copa SP a final é dia 25/jan?

copa-sp

Hoje acontecerá a tradicional final da Copa São Paulo de Futebol Junior, ou para os mais próximos, Copinha.

A copinha existe desde 1969, foi uma ideia da prefeitura do estado de São Paulo, eles queriam estimular a molecada a bater uma bolinha e que esse evento fizesse parte das comemorações do aniversário da cidade, por isso a final sempre do dia 25/janeiro no estadio Pacaembu.

Bom, vamos entender melhor essa competição. Primeiro, o torneio era nomeado de Taça São Paulo Juvenil, a prefeitura de São Paulo bancava o torneio, até 1986, pois em 87 o então prefeito da cidade, Jânio Quadros, decidiu não arcar com a Taça São Paulo, e naquele ano nada de Copinha =(, só no ano seguinte em que a FPF (Federação Paulista de Futebol) começou a ser a administradora. Apenas no ano de 1981 que o torneio limitou a idade dos jogadores de até 20 anos.

Até 1970 a competição só recebia times do estado de SP. Para você ter uma ideia, no primeiro ano só havia 4 times disputavam a Copinha, hoje (edição de 2017) são 120 equipes na competição =0

A Copinha vai além de um evento comemorativo de aniversário de SP, é a vitrine para os nossos futuros craques mostrarem seu futebol ao país, passou na Copinha, mostrou talento, futuro garantido, olha essa lista:

GABRIEL JESUS, atacante – Copa SP 2015

NEYMAR, atacante – Copa SP 2009

VAGNER LOVE, atacante – Copa SP 2003

ROBINHO, atacante – Copa SP 2002

ROGÉRIO CENI, goleiro – Copa SP 1993

CAFÚ, lateral-direito – Copa SP 1998

DENER, meia/atacante – Copa SP 1991

RAÍ, meia – Copa SP 1985

CASAGRANDE, centroavante – Copa SP 1980

 

Fontes:

Como surgiu a Copa São Paulo de Juniores?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Copa_S%C3%A3o_Paulo_de_Futebol_J%C3%BAnior

Por que Diamante Negro?

Esse porque é uma sugestão do meu amigo de trabalho Fábio Calabria.

Os amantes de chocolates já devem ter experimentado o chocolate Diamante Negro, eu confesso que não me agrada, mas vocês sabiam que ele tem relação com um jogador de futebol? Isso mesmo!!!

Leônidas da Silva, o ídolo das torcidas do Flamengo, do São Paulo e da Seleção Brasileira, conhecido como o Diamante Negro, foi simplesmente o criador da bicicleta, uma obra de arte que amamos ver em campo.

leonidas-bicicleta_crop_galeria-670x300

Bicicleta de Leônidas da Silva

 

 

Mas voltando ao chocolate, Leônidas simplesmente impressionou na copa d 1938, foi o artilheiro da copa com 7 gols. Fui justamente por isso, que a fábrica de chocolate Lacta decidiu rebatizar o primeiro chocolate ao leite crocante, por Diamante Negro.

Além de popularizar o futebol e, sobretudo, o Flamengo, a imagem de Leônidas alavancou a venda da barra, ainda hoje a mais vendida do país. Segundo a própria empresa, o produto possui 4% de toda a vendagem nacional da guloseima. “Em 1938, Leônidas da Silva se consagrou como melhor jogador da Copa do Mundo. Nesse mesmo ano, a Lacta criou o primeiro chocolate crocante do país e buscou atrelar a popularidade do jogador ao novo produto” explicou a Lacta em nota.

diamante negro 1939

Anúncio apresentado no Estado de São Paulo 1939

untitled

Bicicleta de Leônidas da Silva

 

Agora de onde surgiu esse apelido? De um jornalista francês Raymond Thourmagem da revista Paris Match, que ficou maravilhado com tanto talento do jogador brasileiro, ele ainda o chamava de “Homem-Borracha”, pois tinha uma flexibilidade (elasticidade) nunca vista antes.

O nosso Diamante Negro, foi o primeiro jogador a receber dinheiro com publicidade, na época o contrato foi fechado por 2 contos de reis, além de participações de “vendas futuras”.

O jornalista esportivo mais respeitado, Mario Filho, definia Leônidas da Silva “um magico do futebol”.

Fontes:
– Coisas da Bola: Diamante negro e o Homem de borracha – http://coisasdabola.com.br/diamante-negro-e-homem-de-borracha/

–  Globo Esporte – Histórias Incríveis: o mito Leônidas, diamante da bola, batiza chocolate – http://globoesporte.globo.com/rj/serra-lagos-norte/noticia/2013/09/historias-incriveis-o-mito-leonidas-diamante-da-bola-batiza-chocolate.html

– Propaganda históricas: História do chocolate Diamante Negro – 1939 – http://www.propagandashistoricas.com.br/2013/09/historia-do-chocolate-diamante-negro.html

Por que futebol de Várzea?

7181642688_10cb07e3f9_z

Todos, ou a maioria sabem que o futebol de várzea é o futebol dos jogadores amadores, mas para saber a origem deste temo é preciso voltar aos anos em que o futebol foi iniciado em São Paulo, onde tudo começou…

Para ajudar nesta explicação me baseei no livro “Visão de Jogo – Primórdios do futebol no Brasil” de José Moraes dos Santos Neto. Então vamos a história…

Nos anos de 1900 a cidade de São Paulo já tinha consolidado 5 times da elite: São Paulo Atletic Club, Associação Atlética Mackenzie College, Sport Club Germania, Sport Club Internacional e Clube Atlético Paulistano. Mas também tinham os times “populares” formados por jovens trabalhadores italianos, alemães e portugueses, esses que haviam chegados à São Paulo na época do Império para trabalho escravo ou até mesmo livre.

O futebol começou a cair nas graças da população e se espalhava em várias áreas da cidade. Cada um começou a montar um local para praticar o esporte. Mas o futebol da população menos favorecida praticava a modalidade no Belém, no prado da Mooca, no Cambuci e na várzea do Carmo. Mas era no Carmo que havia as alternâncias da pratica do futebol de elite e populares.

Várzea do Carmo

Ao fundo, vista da várzea do Carmo. No início do séc XX, times da elite e populares alternavam-se. Com a separação entre o futebol de elite e o popular, ocorrida por volta de 1905, os times da elite criaram seus próprios campos, e o futebol popular ficou conhecido como “varzeano” (*fonte).

Mas os dirigentes do Clube Atlético Paulistano promoveram em conjunto com a Prefeitura municipal e transformaram o Velodromo existente na cidade em campo de futebol, deixando o campo da várzea do Carmo apenas para os times populares. Assim surgia o termo “varzeano”.

Em 10 anos, o futebol dos “varzeanos” foram ganhando times e força na cidade. A medida que a competitividade do futebol de “várzea” crescia os times populares começaram a ganhar espaço no futebol oficial. Um fato que marca essa força é no ano de 1912, onde a Liga teve que aceitar a afiliação do Ipiranga Futebol Club, uma equipe vinda da várzea.

varzea2

Esse é o retrato perfeito do futebol de várzea, segundo os cinco times da elite paulistana (*fonte).

Caso queira saber mais detalhe desta história e até mesmo os primórdios do futebol, recomendo o livro, onde conta toda a história baseada em fotos e pesquisas bem fundamentada.

Livro Visão do Jogo

Livro Visão do Jogo

Caso queira adquirir o livro, na Cultura tem a venda:
http://www.livrariacultura.com.br/p/visao-do-jogo-622567?id_link=200021781

Fonte:

Livro: Visão de Jogo – Primórdios do futebol no Brasil. José Moraes dos Santos Neto (*fotos retirados do livro)

http://www.ludopedio.com.br/rc/index.php/arquibancada/artigo/1184