Por que do torneio “Florida Cup”?

florica cup

Todo início de ano os clubes brasileiros iniciam sua pré-temporada, onde cada um organiza jogos amistosos para uma melhor preparação. Mas se essa preparação for fora do país? Com visibilidade mundial?

Pois é isso o torneio “Florida Cup”, um torneio internacional que será realizado em Orlando (EUA) e em sua primeira edição contará com 2 times brasileiros (Corinthians e Fluminense) e 2 times alemães (Bayer e Colônia).

Vídeo de apresentação do Torneio:

A competição Florida Cup será da seguinte maneira: os times do mesmo país não se enfrentaram, tendo apenas jogos com times da nacionalidade diferente. O país que mais somar pontos será o vitorioso. Também o time que tiver mais pontos será premiado.

O torneio terá transmissão para mais de 120 países e conta com várias atrações com os jogadores brasileiros na cidade.

A ideia por trás da criação da Florida Cup foi identificar um momento ideal da temporada quando os clubes de ponta pudessem combinar o que eles precisam em termos de qualidade para uma pré-temporada com alguns jogos competitivos, além de trabalhar e reforçar a marca em mercados chave de grande potencial, como os Estados Unidos. Acredito que a Florida Cup englobe tudo isso na nossa estrutura esportiva, com parceiros chave e um inovador formato de disputa. Esperamos que o torneio cresça em 2016 e tenha uma possível participação do Orlando City SC – afirmou Ricardo Villar, presidente da 2SV Sports. (Fonte: GLOBO ESPORTE).

Pode-se dizer que o Florida Cup tem tudo para emplacar e aumentar a visibilidade dos clubes, e quem sabe o futebol, ou melhor o Soccer, não caia de vez nas graças dos americanos…

Agora é só acompanhar os jogos e ver quem será o campeão do torneio…

Fontes:
http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2014/11/florida-cup-e-lancada-e-tera-conversa-entre-clubes-cbf-e-bundesliga.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Florida_Cup_2015

http://floridacup.com/pt/sobre/

https://www.facebook.com/FLCup/timeline?ref=page_internal

Por que futebol de Várzea?

7181642688_10cb07e3f9_z

Todos, ou a maioria sabem que o futebol de várzea é o futebol dos jogadores amadores, mas para saber a origem deste temo é preciso voltar aos anos em que o futebol foi iniciado em São Paulo, onde tudo começou…

Para ajudar nesta explicação me baseei no livro “Visão de Jogo – Primórdios do futebol no Brasil” de José Moraes dos Santos Neto. Então vamos a história…

Nos anos de 1900 a cidade de São Paulo já tinha consolidado 5 times da elite: São Paulo Atletic Club, Associação Atlética Mackenzie College, Sport Club Germania, Sport Club Internacional e Clube Atlético Paulistano. Mas também tinham os times “populares” formados por jovens trabalhadores italianos, alemães e portugueses, esses que haviam chegados à São Paulo na época do Império para trabalho escravo ou até mesmo livre.

O futebol começou a cair nas graças da população e se espalhava em várias áreas da cidade. Cada um começou a montar um local para praticar o esporte. Mas o futebol da população menos favorecida praticava a modalidade no Belém, no prado da Mooca, no Cambuci e na várzea do Carmo. Mas era no Carmo que havia as alternâncias da pratica do futebol de elite e populares.

Várzea do Carmo

Ao fundo, vista da várzea do Carmo. No início do séc XX, times da elite e populares alternavam-se. Com a separação entre o futebol de elite e o popular, ocorrida por volta de 1905, os times da elite criaram seus próprios campos, e o futebol popular ficou conhecido como “varzeano” (*fonte).

Mas os dirigentes do Clube Atlético Paulistano promoveram em conjunto com a Prefeitura municipal e transformaram o Velodromo existente na cidade em campo de futebol, deixando o campo da várzea do Carmo apenas para os times populares. Assim surgia o termo “varzeano”.

Em 10 anos, o futebol dos “varzeanos” foram ganhando times e força na cidade. A medida que a competitividade do futebol de “várzea” crescia os times populares começaram a ganhar espaço no futebol oficial. Um fato que marca essa força é no ano de 1912, onde a Liga teve que aceitar a afiliação do Ipiranga Futebol Club, uma equipe vinda da várzea.

varzea2

Esse é o retrato perfeito do futebol de várzea, segundo os cinco times da elite paulistana (*fonte).

Caso queira saber mais detalhe desta história e até mesmo os primórdios do futebol, recomendo o livro, onde conta toda a história baseada em fotos e pesquisas bem fundamentada.

Livro Visão do Jogo

Livro Visão do Jogo

Caso queira adquirir o livro, na Cultura tem a venda:
http://www.livrariacultura.com.br/p/visao-do-jogo-622567?id_link=200021781

Fonte:

Livro: Visão de Jogo – Primórdios do futebol no Brasil. José Moraes dos Santos Neto (*fotos retirados do livro)

http://www.ludopedio.com.br/rc/index.php/arquibancada/artigo/1184

Por que no 1º dia do ano tem rodada da Premier League?

Premier League
Na sexta (26/12) passada estava trabalhando e o meu celular mandado notificações de jogos do campeonato inglês. Achei que estava doido e deixei de lado. Mais hoje, 1º de janeiro, procurado algo para ver, me deparo com jogos ao vivo da Premier League, como assim?!?!

Confesso que comecei acompanhar mais de perto o futebol inglês no ano passado, por isso minha surpresa em relação a jogos nessas datas de festivas de feriado… até porque jogos depois do Natal e no 1º dia do ano é uma tradição de muitos anos na Inglaterra. E será essa o primeiro PORQUÊ de 2015.

A tradição tem histórias, conhecida atualmente como “Boxing Day”. A data (26/12 ou próximo dia útil após o Natal) é comemorada desde a Idade Média na Inglaterra, onde o dia é também conhecido como St. Stephens Day, em referência a um dos primeiros mártires cristãos, que morreu apedrejado em Jerusalém entre os anos 34 e 35 depois de Cristo

A origem do nome vem das caixas (box, em inglês) que durante a época de Natal eram colocadas nas igrejas para recolher dinheiro para os pobres. Essas caixas eram abertas no dia de Natal e o valor arrecadado eram distribuídos no dia seguinte, 26, o Boxing Day (o dia das prendas), num costume enraizado na Inglaterra, no País de Gales e em algumas regiões do Canadá, e que também se estendia às casas mais abastadas, onde, nesse mesmo dia, as famílias ricas da sociedade ofereciam prendas aos seus criados.

Mas só em finais do Séc. XIX este dia passou também a ser preenchido por manifestações desportivas…

Com falta de dinheiro para práticas dos esportes de elite (Caça e a Equitação) a sociedade inglesa começou a gostar mais do esporte que havia surgido no mundo universitário o football. Na história, surgem já registos datados de 1888, pouco depois de iniciar-se a Taça de Inglaterra, de jogos incluídos no mítico “Boxing Day”. Em 26 de Dezembro de 1886, o Bolton venceu o Derby Conty por 3-2 e o West Brown o Preston por 5-0. Até 1959, o campeonato inglês inclui mesmo jogos no dia 25 de dezembro, algo que se manteve na Escócia até 1976. Mas, desde essa data, passou-se para dia 26.

Chegando o Natal e o Ano Novo, todos anseiam pelos grandes jogos que colocam frente a frente os diferentes bairros, cidades e regiões que marcaram o século do futebol inglês. Para eles o futebol é a sua religião. Ninguém é capaz de imaginar estes dias sem esses grandes jogos.

Existem inúmeras manifestações de atletas e técnicos de futebol em relação a não parada do campeonato inglês no final de ano, com a alegação de ser algo muito desgastante devido às festas e até mesmo a possibilidade de ter jogos muitos próximos sem um descanso adequado, mas dificilmente a tradição deixará de ser o que é, porque os ingleses não abdicam facilmente da memória e depois os jogos de “Boxing Day” bate todos os recordes de audiência televisiva.

Fontes:

http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=1138112

http://m.oglobo.globo.com/blogs/planetaquerola/posts/2014/12/25/rodada-do-boxing-day-tem-107-partidas-na-inglaterra-557603.asp

http://www.planetadofutebol.com/artigos/o-fantastico-mundo-do-boxing-day